SPTrans aumenta intervalos de algumas linhas noturnas – sem aviso prévio

A SPTrans aumentou o tempo entre as partidas de algumas linhas noturnas da cidade. No entanto, não houve aviso prévio sobre essa alteração, o que pode ter pego muita gente de surpresa nesta madrugada. Uma das linhas alteradas foi a N603/11 Metrô Jabaquara-Terminal Pinheiros: antes elas ocorriam em intervalos de 15min; agora, segundo o site da SPTrans, acontecem a cada 20min. Com a mudança, o usuário perdeu uma partida por hora: de quatro partidas, agora são três.

Além da N603/11, outras 22 linhas estruturais – aquelas que fazem a ligação dos terminais com o centro – da rede noturna tiveram os intervalos aumentados de 15min para 20min. Isso significa que o número de partidas que ocorre durante a operação noturna nessas linhas cai de 17 para 13.

Da mesma maneira, 14 linhas locais – que ligam os terminais de ônibus e/ou metrô aos bairros – tiveram o intervalo entre as partidas alterado de 30min para 40min. Um exemplo é a linha N131/11 Terminal Lapa – Vila Piauí.

A relação de linhas noturnas que tiveram seus intervalos alterados, segundo pesquisa que fizemos no site da SPTrans, são as seguintes:

N103/11 Term Pirituba – Term. Lapa
N104/11 Term. Pirituba – Term. Lapa
N105/11 Term. Cachoeirinha – Term. Lapa
N131/11 Term. Lapa – Vila Piauí
N132/11 Term. Pirituba – Pq. São Domingos
N136/11 Term. Lapa – Morro Doce
N137/11 Term. Pirituba – Perus
N142/11 Term. Pirituba – Term. Casa Verde
N201/11 Term. Pq. Dom Pedro II – Metrô Tucuruvi
N202/11 Metrô Santana – Term. Pinheiros
N203/11 Metrô Tucuruvi – Term. Pq. Dom Pedro II
N204/11 Metrô Tucuruvi – Term. Pq. Dom Pedro II
N205/11 Term. Cachoeirinha – Term. Pinheiros
N206/11 Term. Casa Verde – Metrô Santana
N207/11 Term. Casa Verde – Term. Pq. Dom Pedro II
N237/11 Metrô Tucuruvi – Edu Chaves (Circular)
N238/11 Metrô Santana – Cem. Pq. Dos Pinheiros (Circular)
N239/11 Metrô Tucuruvi – Vila Nova Galvão (Circular)
N240/11 Metrô Santana – Cachoeira
N242/11 Metrô Santana – Jd. Campo Limpo (Circular)
N243/11 Metrô Santana – Jd. Brasil
N302/11 Term. A. E. Carvalho – Term. Pq. Dom Pedro II
N304/11 Term. São Miguel – Term. Aricanduva
N339/11 Metrô Itaquera – Artur Alvim (Circular)
N340/11 Metrô Itaquera – Jd. Santo Antônio (Circular)
N401/11 Term. Vila Carrão – Term. Pq. Dom Pedro II
N403/11 Term. Cidade Tiradentes – Metrô Itaquera
N404/11 Term. São Mateus – Term. Penha
N503/11 Term. São Mateus – Term. Pq. Dom Pedro II (Via Sapopemba)
N504/11 Term. Sacomã – Term. Pq. Dom Pedro II (Via Paes de Barros)
N506/11 Term. Sacomã – Metrô Vila Madalena (Via Paulista)
N532/11 Term. Sapopemba/Teotônio – Hosp. São Mateus (via São Roberto)(Circular)
N601/11 Term. Grajaú – Term. Pq. Dom Pedro II
N602/11 Term. Grajaú – Term. Santo Amaro (Via Av. Atlântica)
N603/11 Metrô Jabaquara – Term. Pinheiros
N706/11 Term. Campo Limpo – Term. Pinheiros
N802/11 Term. Pinheiros – Term. Pq. Dom Pedro II

Histórico – O “Noturno – Rede da Madrugada”, a rede de linhas noturnas da cidade, começou a operar em 28 de fevereiro de 2015, na gestão Fernando Haddad. Hoje ela é composta por 150 linhas, sendo 50 estruturais (ligam os terminais dos bairros ao centro) e 100 locais (ligam os bairros aos terminais ou estações de Metrô). Elas operam da 0h às 4h e são divididas em dois tipos: as estruturais (identificadas pelos número 0 no meio) tinham intervalos de 15min; e as locais (identificadas pelos números 3 e 4 no meio) de 30min. Devido às linhas serem deficitárias, já que transportam poucos passageiros, a operação é subsidiada pela Prefeitura.

A operação da Rede Noturna é diferenciada em relação às diurnas. Ela possui fiscalização de partidas direta do Centro de Controle Operacional da SPTrans, com partidas no horário marcado e veículos reservas nos pontos finais, que são acionados caso o ônibus programado para o horário quebre ou não consiga chegar a tempo para iniciar a partida seguinte. O “Noturno” é o embrião da nova rede de transporte que está há alguns anos em desenvolvimento pela SPTrans, que implicariam em redes de linhas para momentos específicos como uma “Rede de Domingo”, por exemplo.

Por conta do custo, houve tentativas de alterações ocorreram de 2015 pra cá. Em 2017, na gestão de João Dória, a linha N508/11 Terminal Sacomã – Terminal Parque Dom Pedro II (Via Av. Nazaré), por exemplo, passou a operar com intervalos de 30min, apesar de ser estrutural. Além dela, as também estruturais N303/11 Term. A. E. Carvalho – Term. Aricanduva e N305/11 Term. São Miguel – CPTM Guainases também tiveram seus intervalos alterados para 30min. Além disso, algumas linhas, que deveriam operar com ônibus “padron” (ônibus com motor traseiro e 13,2m de cumprimento) passaram a operar com básicos ou midis (ônibus comum com motor dianteiro mas chassi curto).

Em julho do mesmo ano foi divulgada pela SPTrans “newsletters” informando que várias linhas teriam os intervalos alterados. O “Circular Avenidas” foi o primeiro a publicar as linhas, na época. O então Secretário Municipal dos Transportes Sérgio Avelleda, que não havia sido comunicado da mudança, suspendeu a mesma tão logo soube.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Um comentário em “SPTrans aumenta intervalos de algumas linhas noturnas – sem aviso prévio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.